“Por que meu filho não quer comer?”

Reunimos opiniões de especialistas e algumas ideias para estimular seus pequenos a comerem!

Sim, ter um filho chato para comer é mais comum do que se imagina!

Geralmente, o bebê está com 1 ou 2 anos durante essa fase.

Mas por que isso acontece?

Existem vários motivos envolvidos que vão desde o emocional até o estado de saúde da criança.

Até mesmo doenças do sistema digestivo e alergias podem deixar seu filho mais teimoso para comer.

Também não podemos esquecer o crescimento dos dentinhos de leite que causam irritação e dor.

Há vezes que não aceitam alimentos novos e é normal, estão aprendendo!

Mas o emocional é o que mais pode influenciar no apetite.

São as emoções que ajudam a desenvolver a percepção, a atenção e a memória do bebê, toda a parte cognitiva.

Por isso, a hora de comer tem que ser segura, cheia de afeto e conforto para seu filho!


Pensando nisso, aqui estão algumas ideias para a hora de comer ficar mais gostosa!

1) Elogie e use frases motivadoras quando comer!

Muito bem” é algo que soa bem para o ouvidinho deles!

Olha o aviãozinho” é um clássico!

Esses elogios reafirmam padrões positivos e melhoram a aceitação da comida!

2) Separe um dia para preparar a comida junto do pequeno.

Os dois colocam a mão na massa!

O importante é aproveitar o momento e chamar a família toda para comer junto.

De brinde, ainda abre o apetite e pode apresentar alimentos diferentes!

3) Brinque com cores, formas e texturas, use a criatividade!

Marmitinha para pequenos acima de 6 anos de idade

Cores, texturas e formas ajudam a:

Despertar a curiosidade

Estimular o apetite

– Dar uma alimentação balanceada e nutritiva.

As crianças japonesas costumam levar marmitinhas especiais para escola, preparadas por suas mães. São chamadas “obentô“.

Podem ter formatos de desenhos, animais e formas variadas, tudo para ficarem atraentes (além de fofinhas, né?)

Existem esses copinhos mara que pode inventar mil e uma receitas divertidas, desde ovos cozidos até gelatinas e mousses. E a melhor parte de todas: não precisa descascar o ovo! Veja mais aqui: https://cookfy.com.br/produto/copinho-molde-mil-utilidades-com-tampa/

Lembrando que os hábitos alimentares vão mudando com o tempo.

É importante sempre trabalhar com as texturas e estimular a mastigação!

Fases

  • 4-6 meses = alimentos em purê
  • 6-8 meses = pedacinhos de alimentos macios com purês
  • A partir de 8 meses = alimentos macios
  • A partir dos 10 meses = frutas macias e vegetais cozidos
  • A partir de 1 ano = melhor controle da mastigação, aceitação de novos alimentos
  • 18 meses = aceitação de diversas texturas
  • 2-3 anos = controle total da mastigação, alimentação mais diversificada

E você, conhece outra forma para abrir o apetite das suas crianças?

Deixa aqui embaixo nos comentários!

Vai ajudar outras mamães e papais, inclusive os de primeira viagem!

REFERÊNCIAS

https://www.hospitalsaodomingos.com.br/noticia/fonoaudiologo-do-hsd-explica-como-agir-em-casos-de-recusa-alimentar-infantil-482

https://www.scielo.br/j/pe/a/tkvzBT5BP4pQ95xVKLBfqyx/?lang=pt

https://saudebrasil.saude.gov.br/eu-quero-me-alimentar-melhor/meu-filho-nao-quer-comer-o-que-devo-fazer

“Por que meu filho não quer comer?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo